Orkutização do sofrer

image

A cada geração, sendo que hoje em dia ela mudam cada vez mais rápido, surgem novas modas, manias e crendices entre os adolescentes, sim nos mesmos, jovens inexperientes, hoje em dia não muito indefesos, acabando por si sendo mais influenciáveis. Não vou negar que sou um deles, ora tenho 17 anos, já vivi e sofri muita coisa, confesso que foi uma dose a mais do que este “falso” frágil corpo suporta, mas o que posso fazer se escolher o meu destino não é uma coisa que me caiba bem. 

As pessoas finalmente se deram conta do clichê, o que sempre foi o normal, padrão, o mais bonito e certo. Decidiram fazer diferente. Isso é ruim? Mas é claro que não! Não estou generalizando dizendo que o mundo resolveu virar-se do avesso. Mas que uma boa parte que infelizmente ainda é pequena resolveu abrir seu olhos para aquilo que até então não estavam habituadas. O casal bonzinho da novela das cinco, a loira metida que só usa rosa e roupas de grife que vive infernizando a vida da mocinha, o bad boy de moicano que detesta tudo, o nerd espinhento que não pega ninguém. Cadê? sumiu.

O clichê ficou chato, pleonasmo bonito não é? Mas que pessoas de mente pequena custam a perceber ou não se importam e vivem naquela sistema pacato em um loop infinito, sim ainda existem.
O diferente se tornou legal e virou uma arma. Tudo que poderia ser uma anomalia, doença, negado na década passada ou feito por poucos, hoje é visto como uma tendência. Ser bissexual virou tendência, ter bulimia virou tendência, assim como ser bipolar, depressivo, escritor, se cortar, ter coma alcoólico, ser nerd, odiar alguma coisa que todo mundo gosta pra se fazer do contra e ser taxado como cult. TRISTE

Comecei a perceber isso pelo site Tumblr. É ruim, triste até, entrar e ver posts e depoimentos como de uma garota que adoraria ter um coma alcoólico, lembro muito bem do que ela disse “deve ser tão legal, ainda vou ter um”, deve ter quantos anos a criatura, 12? Ou quando postava sempre fotos de meninas machucadas e cortadas por navalha, com uma garrafa na mão ou fumando maconha com narguile. Pensar que tudo era devido ao impulso da moda, que se você for pesquisar essa adolescente dona dessa conta no tumblr, não passou nem a metade dos problemas que a menina dona das tais fotos sofreu.

Hoje é legal você se cortar, ser depressivo, autista, drogado ou alcoólica. A pessoa não se toca que são doenças, que é algo sério e precisa ser tratado, mas acha “bonito e tá na moda então deve ser legal, chamar mais a atenção das pessoas, e mais gente se preocupando atoa comigo eba”. Talvez esteja em evidência mesmo é a carência, para tamanhas atitudes imaturas. Mas quem sou eu para julgar e conhecer, só uma reflexão, mas não deixa de ser revoltante.

CONVERSATION

5 Comentários:

  1. Forte. Verdadeiro.
    Desabafar é sempre muito bom. Sempre.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. É muito interessante ler isso, sendo que foi escrito por alguém de 17 anos. Achava que só eu enxergava isso por estar no auge dos meus 25...
    Mas é verdade, agora é lindo ser junkie, sofrer de bulimia, vide os perfis fakes do orkut de garotas romantizando suas "aventuras" dietéticas, como se isso fosse algo que elas almejassem na vida... Pra mim, isso é no mínimo patético, e me dá náuseas de ver.
    Só é cool quem "parece" ser mais blasé, arrogante, drogado, infeliz... nossa, quanto sofrimento que essa juventude vive, hein?
    Gostaria de encontrar tanta pretexto para esse draminha todo..
    Enfim, adorei o post.

    ResponderExcluir
  3. Olá !
    Meu no é Gabriela Dutra, sou do blog
    http://deixa-me-ser-entao.blogspot.com/

    Adorei seu espaço e já me tornei seguidora.
    Beijos e Sucesso

    ResponderExcluir
  4. concordo com o que voce disse. é idiota quem acha legal essas coisas! sobre bipolaridade, as pessoas nem se quer conhecem essa doença e acham isso legal. conheço um menino bipolar, ele é legal as vezes, engraçado, atencioso, mas as vezes ele me dá medo! ja chegou a bater em uma professora dele sem motivo algum, ela nem tinha falado nada com ele! isso porque esqueceu de tomar um remédio! ele também ja me xingou porque eu pedi pra fechar a porta! bom, se isso é algo legal, o que a pessoa entende por VIDA?

    sobre drogas, esses dias fiquei chocada ao ver uma matéria de uma revista de jovens (não lembro o nome). eles falavam apenas do lado não ruim da droga, e nem tocaram no lado ruim dela, das consequencias que ela tem! pareciam apoiar o seu uso

    ótimo post, soube abordar muito bem os assuntos ;)

    ResponderExcluir
  5. A juventude de hoje assusta!
    Li Todo o seu texto e concordo plenamente!
    As pessoas inventam doenças, mostram um lado todo "depressão", e saem do computador com um sorriso no rosto, como se fosse um papel cumprido: sim, essas pessoas vão me achar mais legal!
    É triste ver isso;
    As pessoas querem mostrar ao mundo uma coisa que elas não são.
    Como vc disse... agora é lindo fumar, beber,se drogar...
    Mal sabem que estão caminhando pro fundo do poço!

    Beijos.

    blogbycindy.blogspot.com

    ResponderExcluir

© Blog AGAP 2009 - 2016. Todos os direitos reservados.