Coragem

Imagem: Kristen

É normal se perguntar o porquê não somos ou agimos iguais aos outros se pertencemos a mesma espécie, somos humanos e com as mesmas estruturas anatômicas, como os órgãos por exemplo, e ainda assim somos tão diferentes em como damos movimento a toda essa "obra".

Esse movimento é o que nos faz ser diferente de qualquer outra espécie e por mais contraditório que isso seja, nos torna seres únicos e mesmo que alguém tenha um gêmeo idêntico, com o mesmo DNA, ainda assim existe algo com que nos faça pensar diferente das outras pessoas.

A dura realidade é que tentamo copiar os outros, por tentar pertencer a algo, a algum grupo deixando de lado o que realmente importa: as virtudes de ser verdadeiro. Até mesmo pessoas muito famosas por seus feitos em séculos passados, hoje em dia são inseridas no grupo "nada se cria, tudo se copia".

Normalmente esquecemos que a palavra copiar também tem como significado "servir como exemplo", como as pessoas famosas por seus feitos, são exemplos que resolveram dar mais um passo, aquele que faz você cair de um penhasco em queda livre, em que a adrenalina é tao alta que você não sabe se vai sair vivo.

Seres humanos são únicos, pois não podemos medir experiências e o quanto internalizamos elas, portanto não precisamos necessariamente de exemplos para seguir e sermos quem queremos ser e pertencer a um grupo é inevitável, pois no fim do dia somos todos da mesma espécie.

No entanto, o que difere um grupo de outro é a coragem para dar aquele passo, em que nos faz donos dos nossos próprios destinos ou simplesmente telespectadores da própria vida. O ano está acabando e normalmente fazemos listas mentais para o próximo, mas que tal fazer algo diferente, esquecer a lista e tentar algo você realmente quer e nunca teve coragem? 

CONVERSATION

0 Comentários:

Postar um comentário

© Blog AGAP 2009 - 2016. Todos os direitos reservados.