Resolvi isolar as energias negativas

Imagem: bhautik1

Resolvi de um tempo para cá que as energias negativas iam ser isoladas, que qualquer aparição dela seria colocada numa capsula dentro de mim, sem deixar que o que tem de bom dentro de mim seja contaminado. Percebi que essa energia negativa, vem de pensamentos que muitas vezes não são meus, são afirmações e conflitos que eu internalizo como uma verdade que vem de outras fontes e não do meu próprio coração.

A influência que uma força negativa possui sobre algo, muitas vezes, se parece duplamente superior à força do pensamento positivo, e a minha falta de credibilidade do potencial da minha própria força acaba aumentando cada vez mais, levando ao que todos nós tememos e que não temos a coragem de afirmar: a união entre a doença física e o pensamento negativo existe.

Sim, depende só deu perceber ao meu redor e enxergar o que me faz bem, mas não, eu não quero que a minha percepção seja solitária, sou um ser humano, solidão é tão ruim quanto a própria morte, por isso acabo deixando para os outros decidirem o que é melhor para mim e por isso os pensamentos negativos me tomam, pois se nem eu consigo ver o que é melhor para mim mesma, o que a pessoa ao meu lado vai saber sobre as minhas experiências e percepção?

Por isso, resolvi que iria isolar as energias negativas, mas não encapsulá-las separando assim elas das coisas boas, mas sim fazer elas se sentirem sozinhas dentro do meu coração, pois prometi para mim mesma que quem percebe e decide algo sobre mim, sou eu mesma.

Prometi então que irei me perdoar se algum erro cometer e crescerei diante dele, irei acordar todo dia feliz por ter uma casa e pessoas felizes ao meu redor, irei sorrir para as pessoas na rua, pois todos merecem pelo menos um pouco da minha energia positiva e se for para influenciar algo, que seja contaminar pessoas com positividade para que elas também façam com que seus pensamentos negativos se sintam solitários.

CONVERSATION

6 Comentários:

  1. Sim, os pensamentos infelizes estão ligados a doenças físicas... Eu sinto isso também quando algo da errado e me sinto decepcionada. Por isso criei uma lista de anti auto-sabotagem: quando percebo os pensamentos ruins, logo vou fazer alguma coisa, desde lavar um tênis, comer alguma coisa gostosa, ouvir música ou assistir um filme, qualquer coisa prazerosa. E sempre dou um sorriso pro espelho de manhã :D

    ResponderExcluir
  2. Sim, os pensamentos infelizes estão ligados a doenças físicas... Eu sinto isso também quando algo da errado e me sinto decepcionada. Por isso criei uma lista de anti auto-sabotagem: quando percebo os pensamentos ruins, logo vou fazer alguma coisa, desde lavar um tênis, comer alguma coisa gostosa, ouvir música ou assistir um filme, qualquer coisa prazerosa. E sempre dou um sorriso pro espelho de manhã :D

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo joia?!
    Está lindo seu blog, já estou te seguindo...
    Segue o meu tbm, eu iria adorar!!!
    http://manyelly.blogspot.com.br/
    Sucesso para você!!!
    Bjo

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho problema de me perdoar, perdoar os outros acho que é mais fácil. As vezes eu me puno por coisas também. Ótimo texto!

    jj-jovemjornalista.com

    ResponderExcluir
  5. Estou passando por isso exatamente nesse momento e foi bom ler seu texto, vou seguir suas dicas.

    ResponderExcluir
  6. Ooi tudo bem ? Aqui é a Beatriz do blog Escrito nas estrelas , e olha que legal , mencionei voce num selo no meu blog , bom espero que participe , beijinhos. Link aqui -> http://efeitobia.blogspot.com.br/2013/08/versatile-blogger.html

    ResponderExcluir

© Blog AGAP 2009 - 2016. Todos os direitos reservados.