Visitando o famoso café do Fabuloso Destino de Amélie Poulain

Foto: João Marcos
Como eu comentei no último post, durante a minha viagem para Irlanda iria passar alguns dias em Paris também. E assim que deu tudo certo para ir pra lá eu já sabia que um dos meus destinos seria o
Café des Deux Moulins, o café que aparece no filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain.

Pra quem é apaixonado pelo filme e sonha em um dia conhecer esse lugar, resolvi juntar minhas impressões neste post. =)

Expectativa x realidade

Eu havia lido algumas coisas sobre o café e imaginava que ele não era nada muito extraordinário. Quando cheguei lá, foi exatamente isso que encontrei haha O café é simples, não muito grande, mas tem seu charme. Está um pouco diferente do filme, mas traz à tona toda a emoção de estar em um dos cenários do longa.

O café por dentro. As bandeirinhas estavam penduradas por causa da Eurocopa. Foto: Gabrielle Figueiredo
Se você quer ir lá, não espere encontrar muuuuitas referências do filme em todo canto. As lembranças são pontuais, como o grande painel com a foto da Amélie ou um quadro dela pendurado ali pelo balcão, por exemplo.

Quadrinho no balcão. Foto: Gabrielle Figueiredo
Já no banheiro é possível encontrar itens que foram usados no filme, como se fosse um mini museu. Porém, é bem difícil de tirar foto, pois o espaço e luz não ajudam muito.

Itens usados no filme. Foto: Gabrielle Figueiredo

Preço e comida

Eu também já havia lido que os preços de lá talvez fossem mais carinhos, mas mesmo assim não desanimei. rs O cardápio incluía desde café da manhã por 12 euros, saladas de 13 a 17 euros, pratos principais de 13 a 21 euros, sobremesas na faixa dos 7 euros, entre outras coisas.

Eu sabia que queria experimentar o famoso crême brulée, então já tinha um pedido em mente. Acabei encontrando um combo mini que me pareceu interessante. Era um café gourmet, crême brulée e duas sobremesas, tudo em miniatura. Achei perfeito, já que era pra experimentar mesmo.

Quebrando a casquinha <3 Foto: João Marcos
Bati a colher na casquinha do crême (entendedores entenderão rs) e provei. Resultado? Não achei nada demais, parece um pudim. haha Mas valeu! As outras sobremesas estavam muito boas, curti. Paguei 7,50 euros no combo, achei meio carinho, mas ok.


No fim, vale a pena?


Fachada do café. Foto: Gabrielle Figueiredo
A pergunta que não quer calar: valeu a pena? Eu afirmo que sim. Se eu já estou em Paris e curto o filme, não custa nada dar uma passada por lá. Além disso, o café é beeeem perto do Moulin Rouge, então já inclui dois roteiros num passeio só. :)

  • E você, gostaria de visitar ou já visitou o café? Me conta!

CONVERSATION

4 Comentários:

  1. Ahhhh ♥♥♥ *-* sou doida para quebrar a casquinha do crême brulée haha. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiiiim! <3 não tem como ir lá e não fazer isso, né?

      Excluir
  2. Lindo o Layout do seu blog, amei!
    O café é muito bonito e Paris é linda de qualquer jeito né.
    Super Beijo,
    http://www.fabulonica.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, quase impossível Paris ficar feia! haha :*

      Excluir

© Blog AGAP 2009 - 2016. Todos os direitos reservados.